Case Rock Content: como aumentamos em 10% o Tempo Médio na Página de blog posts

Caso de sucesso Vooozer e Rock Content, ilustração de 4 cronômetros lado a lado, um maior que o outro da esquerda pra direita.
Compartilhar:

Se você é familiarizado com o Google Analytics, sabe da importância do indicador Tempo Médio na Página (ou Time On Page). Ele indica quanto tempo, na média, seus visitantes passaram em uma página específica.

Sem tempo para ler? Quer descansar um pouco a vista? Aperte o play e ouça esse artigo:

É um dos principais indicadores de um blog, pois reflete o quanto seus visitantes estão engajados e consumindo uma postagem.

Além disso, um estudo recente da SEMrush concluiu que o tempo que as pessoas passam em um site é o segundo fator mais importante no rankeamento orgânico de um site. Isso mostra o quanto esse indicador é importante em uma estratégia de SEO.

Sabendo da relevância do Tempo Médio na Página, no começo de 2017 a Rock Content iniciou uma série de testes junto ao Vooozer para melhorar o desempenho desse indicador no principal blog da empresa, o Marketing de Conteúdo.

O problema

A Rock Content, como tantas outras empresas, investe na produção de textos de qualidade para sua persona, assim sendo, espera que as pessoas consumam tais materiais. Mas como sabemos, a quantidade de conteúdo online relevante cresce rapidamente e o dia para consumí-lo continua tendo 24 horas.

O reflexo disso é visto no comportamento das pessoas. De acordo com pesquisas, mais de 70% das pessoas diz não conseguir ler tudo que gostariam na internet. Um dado alarmante para qualquer empresa que invista na produção de textos para internet.

Seu blog pode ser grande ou pequeno, falar sobre tecnologia ou pescaria e seus textos podem ser de ótima qualidade e, ainda assim, a maioria das pessoas pode não ter tempo para ler seus textos, mesmo estando interessadas.

Compreendendo o cenário, a Rock Content, que em 2017 estava focada em aumentar o engajamento com seus visitantes e, consequentemente, o Tempo Médio na Página, topou inovar e começou a fazer testes com posts em áudio.

A hipótese

A Rock Content já possuía os textos de qualidade focados na persona, mas era nítido que podiam aumentar o engajamento dos visitantes. Obviamente, abrir mão do texto não era uma opção, pois ele possui uma força imensa no SEO, gera tráfego e já é amplamente consumido.

A lógica, então, era agregar um outro formato junto ao texto.

O áudio foi escolhido como formato complementar por sua praticidade e adequação ao comportamento das pessoas. Se uma pessoa não tem tempo ou disposição para ler, ela poderia ouvir o mesmo conteúdo. Palavra por palavra, assim como estivesse escrito no post.

Com quase 200 milhões de smartphones no Brasil, o consumo de áudio vem crescendo cada vez mais. Nos comunicamos por áudios no WhatsApp, pelo Skype e tantas outras ferramentas, seguindo tendências internacionais. Escutamos podcasts, audiobooks e o bom e velho rádio segue em nossas rotinas.

O ponto chave do áudio sobre o texto é claro: podemos ouvir em situações onde não podemos ler, como enquanto dirigimos, andamos na rua, lavamos a louça ou enquanto fazemos tantas outras atividades. Dessa forma, oferecer uma narração do texto, junto a ele, aumenta as chances do seu visitante consumir seu material.

Nesse cenário, o post em áudio se mostrou um forte candidato para aumentar o Tempo Médio na Página.

Os testes

Devido ao seu nível de expertise e exigência, a Rock Content decidiu fazer um teste controlado com quase 10 posts. Assim, seria possível coletar um volume relevante de dados para avaliar possíveis variações no indicador Tempo Médio na Página.

Foram selecionados posts que, na época, já estavam no ar por pelo menos 4 meses. Cada texto foi narrado, palavra por palavra, e então cada narração foi publicada junto aos posts originais, como neste próprio post ou neste exemplo.

Pontos de atenção

É importante notar alguns pontos relevantes que certamente impactaram positivamente os resultados:

  • Todas as narrações publicadas foram humanas, não foi utilizado nenhum software de geração de narrações artificiais ou robóticas. De acordo com pesquisas, a maioria absoluta das pessoas prefere uma narração humana do que uma robótica.
  • O player com a narração do texto foi colocado logo no início de cada post.
  • Foram inseridas breves chamadas acima ou abaixo do player, como “Clique no player para o ouvir a narração do nosso post!”.
  • Foi utilizado um player 100% responsivo, que se adapta a qualquer formato de tela.
  • A distribuição dos áudios foi através de arquivos leves. Isso viabiliza o consumo em redes 3G e às vezes até em redes inferiores.

Os resultados

Após meses de coleta de dados, os resultados foram levantados. Analisando a média dos posts, o Tempo Médio na Página dos posts aumentou em 10%. O maior aumento foi de 43% para um determinado post.

Vale ressaltar os resultados de 2 posts que a Rock Content considera estratégicos. Por já serem campeões nos resultados de busca, são artigos mais difíceis de ser otimizados.

O primeiro é sobre os 4 Ps do marketing e o segundo sobre personas — o Tempo Médio na Página desses artigos aumentou em 13% e 12%, respectivamente. Logo, a máxima “em time que está ganhando não se mexe” não é válida para uma estratégia de marketing digital ou marketing de conteúdo.

Conclusão

Oferecer o post em áudio junto ao post original é uma estratégia válida para melhorar o Tempo Médio na Página. Por consequência, também é uma estratégia de SEO válida para melhorar o rankeamento de uma página.

Vale ressaltar que o aumento no Tempo Médio na Página é uma consequência de algo talvez ainda mais valioso para sua estratégia de marketing de conteúdo: o aumento do engajamento dos seus visitantes e o aumento do consumo do material produzido.

Quem deixaria de ler por falta de tempo ou disposição, pode passar a ouvir seus textos.

Uma landing page com ótima taxa de conversão pode ser otimizada, um ebook de sucesso pode ser repaginado e um blog post pode, dentre outras coisas, receber uma versão em áudio para gerar ainda mais resultados para sua estratégia de marketing de conteúdo.

Ficou interessado? Então confira aqui outros exemplos de empresas que estão melhorando seus resultados em marketing de conteúdo com a estratégia de posts em áudio.

Deixe uma resposta